1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Saxões e bávaros lideram consumo de álcool na Alemanha

O consumo de álcool não é exclusivo de festas como o Natal e o Ano Novo. Pesquisa mostra que 7% dos alemães bebem todos os dias. Já 41% declararam viver sem consumir bebidas alcoólicas.

O consumo de bebidas alcoólicas como champanhe é comum no final do ano

Os saxões e os bávaros são os que mais consomem álcool na Alemanha, segundo uma pesquisa feita pelo instituto Infas, a pedido da União Nacional das Associações Alemãs de Farmacêuticos (ABDA).

Segundo o levantamento, que ouviu 3.370 pessoas com mais de 16 anos, 15% dos saxões e 11% dos bávaros ingerem bebidas alcoólicas todos os dias. Em toda a Alemanha, a média é de 7% da população, afirma a pesquisa. Outros 23% consomem álcool duas ou mais vezes por semana. Já 41% dos entrevistados afirmaram que jamais bebem álcool.

Homens bebem mais

A pesquisa mostrou ainda que o consumo de álcool depende da idade e do sexo. Entre os homens, 12% afirmaram beber todos os dias, enquanto apenas 3% das mulheres consumiam diariamente bebidas alcoólicas.

Mais da metade das mulheres ouvidas (55%) disseram nunca beber ou beber raramente, e 27% dos homens se declararam abstinentes.

Segundo a presidente da Câmara Nacional de Farmacêuticos, Magdalene Linz, pessoas saudáveis têm uma boa resistência a doses pequenas de álcool, mas o consumo diário deve ser evitado. "Quem toma medicamentos também deve consultar um farmacêutico sobre possíveis efeitos colaterais", afirmou.

Para os homens, o limite de consumo diário é de 20 gramas de álcool; para as mulheres, de 10 gramas. Um copo de 100 mililitros de espumante contém cerca de 9 gramas e um meio litro de cerveja, cerca de 18 gramas de álcool.

Famílias e idosos

Pessoas mais velhas bebem mais do que os jovens, diz o levantamento. Na média nacional, 12% dos aposentados disseram beber todos os dias vinho ou cerveja. Entre as pessoas de até 29 anos, 2% têm o mesmo hábito.

O álcool é menos consumido em famílias com crianças pequenas. Bebidas alcoólicas fazem parte do cotidiano de apenas uma em cada cem residências onde vivem crianças na Alemanha.

DW.DE