1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Calendário Histórico

1498: Vasco da Gama chega a Calecute

No dia 20 de maio de 1498, o navegador português Vasco da Gama chegou ao porto de Calecute, na costa oeste da Índia. Ele foi o primeiro europeu a circundar o continente africano pelo Cabo da Boa Esperança.

Vasco da Gama descobriu o caminho marítimo para as Índias

Diário de bordo da caravela São Gabriel, 8 de janeiro de 1499:

"Há exatamente três meses, estamos na viagem de retorno da Índia. Talvez seja essa a minha última anotação, visto que a tempestade que atravessamos já dura cinco dias. Ondas monstruosas batem contra nossas caravelas, retorcem a madeira e já engoliram três dos nossos marinheiros. Toda a tripulação reza. O fim parece estar próximo e talvez ninguém fique sabendo o que vimos. Mas eu ainda quero registrar tudo hoje nesse diário de bordo. Talvez sobrevivamos, talvez morramos, talvez as minhas linhas encontrem um leitor.

A 8 de julho de 1497 partimos para a descoberta de um caminho marítimo para as Índias. Não nos rastros de Colombo e, sim, nos nossos próprios. Quatro navios e tripulações cheias de esperança, tensão e, quem sabe, de medo diante do novo. Meu irmão Paulo da Gama era o capitão da São Rafael, o bom Gonçalo Álvares tinha o comando desse navio. A aventura começou pouco depois de contornarmos o Cabo da Boa Esperança. Além desse ponto, nenhum outro navegador português havia velejado. Fizemos paradas em portos estranhos: Mombaça, Moçambique e Quilmana.

Os autóctones reagiam à nossa presença, algumas vezes como amigos, outras, como inimigos. Em toda parte estavam os incrédulos muçulmanos e esperavam por nós. Eles lutaram contra nós, não suportam negociantes concorrentes. Travamos lutas difíceis com eles. Somente o imperador de Melinde nos recebeu amistosamente, queria nossa ajuda para enfrentar os vizinhos de Mombaça.

E, finalmente, então o 20 de maio do ano passado, 1498. Lembro-me perfeitamente. Chegada no porto de Calecute (costa oeste da Índia). Que paraíso! E que recepção! Mas quão breve foi a felicidade. Espelhos, pérolas de vidro e lã – nada entusiasmou o rei hindu. Ele debochou de nossas oferendas baratas e, por pouco, não teríamos conseguido adquirir pimenta, veludo e seda. Eles nos ameaçou, exigiu impostos e quase tudo o que tínhamos a bordo, em troca das suas mercadorias. Por sorte, conseguimos escapar do porto; tivemos até de sequestrar cinco hindus, para receber o salvo-conduto.

No entanto, agora temos a promessa de que, caso um dia voltemos a Calecute, se sobrevivermos a essa viagem de retorno à pátria, receberemos condimentos e diamantes em troca de pérolas, prata e ouro. Oh, Deus, permita-nos sobreviver a essa intempérie, a essa tempestade bárbara e ao escorbuto.

E agora estamos no caminho de volta. Estamos bem carregados, mas o sacrifício foi grande. Toda a tripulação da São Rafael foi dizimada pelo escorbuto. Tivemos de queimar o navio. Será que conseguiremos mais uma vez retornar ao meu amado Portugal? Talvez? Se não, um outro navegador corajoso de meu povo terá de empreender nova viagem, porque Portugal precisa da ligação marítima com a Índia. Talvez, eu morra nessa viagem, mas talvez, logo estarei de novo em Lisboa. Pelos meus cálculos, ainda teremos muitos meses de viagem, caso não naufraguemos.

Sei que, caso retornemos a Lisboa, seremos heróis. Seremos recebidos com festa e serei condecorado pelo rei Manuel. Um sonho tornou-se realidade. Portugal descobriu o caminho para a Índia. Em breve, teremos comércio com todas as nações, transformaremos os países em nossas colônias e nos tornaremos mais ricos do que a Espanha, Inglaterra e França. E dir-se-á que tudo começou a 8 de julho de 1497: a viagem de descoberta de Vasco da Gama."

Vasco da Gama (nasceu entre 1460 e 1468, morreu em 1524), descobridor da rota marítima para as Índias, nasceu em Sines no Alentejo, filho de Estêvão da Gama e Isabel Sodré, participou em sua juventude da guerra contra Castilha, tendo sido nomeado posteriormente cavaleiro da Ordem de Santiago e comendador da Ordem, a partir de 1495.

Sabe-se pouco da sua vida, até ele ser chamado pelo rei Dom João 2º para comandar uma expedição que descobrisse uma rota marítima para as Índias. Com a tomada de Constantinopla pelos turcos, os portugueses empenharam-se na busca de um caminho para a Ásia, contornando o sul do continente africano.

A expedição, porém, só foi realizada no reinado de Dom Manuel. Vasco da Gama partiu em 8 julho de 1497 com quatro navios pequenos – São Rafael, São Gabriel, Bérrio e São Miguel, retornando a Portugal em setembro de 1499.

  • Autoria Jens Teschke (gh)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://dw.de/p/1L82
  • Autoria Jens Teschke (gh)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://dw.de/p/1L82